quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A história do Lambisame

Pra quem não sabe o Lambisame é aquele homem que na noite de lua cheia se transforma no Lambisame. O Lambisame tem um corpo peludo que nem o Tone Ramos, sua cara tem uma forma brutesca como a cara do Ronaldinho Gaucho e ele sai nas noites de lua cheia para lamber os homens. Por isso ele se chama Lambisame que no latim significa lambe os homem.
- Eu tava doido para conhecer uma fazenda que se chama fazenda Olhos d`água mas fiquei sabendo que o Lambisame estava pelaquelas bandas.
 Por sorte minha ganhei um burinho que batizei como Juscelino Kubchek eu fui convencer ele a melevar a fazenda Olhos d`água, mas ele estava com medo da história do Lambisame naquelas banda.
- Juscelino se besta tem uma burinha linda chamada Julesca.
Ai eu convenci ele a me levar na fazenda. Arumei o lampião, a barraca, amarmita e coloquei encima de Juscelino. Ai eu e Juscelino nos andamos. Quando chegamos na fazenda Olhos d`água, tinha uma árvore linda mas no galho tinha uma caicha de marimbondo não sei o que aquele burro do Juscelino arrumo que a haba do meu chapeu bateu nos marimbondo eles sairam que nem os bad-boy com aqueles cabelo tudo arepiado com a mão no bolço e aqueles marimbondo quando fecha ne um engorda 4 kilo. Aqueles marimbondo fecharo no Juscelinoque saiu pulando que parecia que eu estava ensima do torro bandido, quando penso que não Juscelino quebra a porta do moço, quando agente estava na sala eo povo jantando o velho levantoue foi na minha direção inda bem que fiz um curso universal que quem que pode farmaceuticom, peguei um susega leão e dei para o velho bebe inquanto isso fui comprar uma porta para casa do velho.
Quando chequei lá o moço da loja pergunto par onde era aquela porta eu disse que era para fazenda Olhos d`água. E o dono da loja falose eu naõ so doido se eu não sabia que o senhor Tião o dono da fazenda é o tão do Lambisame. Peguei aquela  porta e foi pra fazenda o seu Tião me chamo pra acampar.
- Hoje não estou com uma dor de bariga.
O velhor tirou a mão do bolço.
-eu tenho um remedinho bom.
Atroveram tomou passou atroveram tomou passo.
- Leva o Juscelino com você.
- Não não não hoje o ceu está clarinho dexa o Juscelino com minha filha.
E agente foi indo chegando lá montei minha baraca e fui dormi. Quando meu rélogio apitava meia noite o senhor Tião me chamou eu levantei. So Tião era Lambisame e perguntei para ele:
- para que esse nariz tão grande?
- e para te cheirar melhor
- pra que esse olho tão grande?
- e para te ver melhor
- e pra que so Tião essa boca tão grande?
- e para te lamber
E ai eu sai correndo escorrequei na bosta na minha bosta e quando estava no chão fui lambido eu chequei na fazenda e falei para o Juscelino vão borra!

Espere e vera Lambisame 2 o retorno.

Um comentário: